O que é onicomicoses?

Introdução

Onicomicose é uma infecção fúngica que afeta as unhas, sendo mais comum nas unhas dos pés do que nas das mãos. Também conhecida como micose de unha, essa condição pode causar desconforto, dor e até mesmo deformidades nas unhas. Neste glossário, vamos explorar em detalhes o que é onicomicose, suas causas, sintomas, diagnóstico e tratamento.

O que é Onicomicose?

Onicomicose é uma infecção fúngica que afeta as unhas, podendo ocorrer tanto nas unhas dos pés quanto nas das mãos. Os fungos responsáveis por essa infecção são geralmente do tipo dermatófitos, leveduras ou bolores. Esses microorganismos se alimentam da queratina presente nas unhas, o que leva a alterações na sua aparência e textura.

Causas da Onicomicose

As causas da onicomicose podem variar, sendo mais comuns em pessoas que frequentam locais úmidos, como piscinas, saunas e vestiários. O contato direto com fungos presentes no ambiente, o uso de calçados fechados por longos períodos e lesões nas unhas também podem favorecer o desenvolvimento da infecção. Fatores como diabetes, sistema imunológico enfraquecido e idade avançada também podem aumentar o risco de onicomicose.

Sintomas da Onicomicose

Os sintomas da onicomicose podem variar de acordo com o tipo de fungo envolvido e o estágio da infecção. Inicialmente, a unha afetada pode apresentar manchas brancas ou amareladas, espessamento, descolamento da pele e mudanças na textura. Com o tempo, a unha pode se tornar quebradiça, com bordas irregulares e até mesmo dolorosa.

Diagnóstico da Onicomicose

O diagnóstico da onicomicose geralmente é feito por um dermatologista, que irá avaliar a aparência das unhas e, se necessário, realizar exames laboratoriais para identificar o fungo responsável pela infecção. Esses exames podem incluir a coleta de amostras das unhas afetadas para análise microscópica e cultivo em meio de cultura.

Tratamento da Onicomicose

O tratamento da onicomicose pode variar de acordo com a gravidade da infecção e o tipo de fungo envolvido. Opções de tratamento incluem o uso de medicamentos antifúngicos tópicos ou orais, aplicação de soluções antifúngicas nas unhas, remoção cirúrgica da unha afetada e terapias a laser. Em casos mais graves, pode ser necessário recorrer à remoção da unha ou a tratamentos mais agressivos.

Prevenção da Onicomicose

Para prevenir a onicomicose, é importante adotar medidas de higiene adequadas, como manter as unhas limpas e secas, evitar o compartilhamento de objetos de uso pessoal, como cortadores de unha e lixas, e usar calçados adequados em locais úmidos. Além disso, é importante manter uma alimentação saudável, fortalecer o sistema imunológico e evitar o contato direto com fungos presentes no ambiente.

Complicações da Onicomicose

Em casos não tratados, a onicomicose pode levar a complicações como infecções secundárias, deformidades permanentes nas unhas, dor crônica e dificuldade para realizar atividades do dia a dia. Por isso, é importante buscar tratamento adequado ao primeiro sinal de infecção fúngica nas unhas.

Conclusão

Em resumo, a onicomicose é uma infecção fúngica que afeta as unhas, podendo causar desconforto e deformidades se não tratada adequadamente. Com medidas preventivas e tratamentos eficazes, é possível controlar a infecção e restaurar a saúde das unhas. Se você suspeita de onicomicose, consulte um dermatologista para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.