O que é um glaucoma no olho?

O que é um glaucoma no olho?

O glaucoma é uma doença ocular que afeta o nervo óptico e pode levar à perda permanente da visão se não for tratado adequadamente. É uma das principais causas de cegueira no mundo e pode ocorrer em pessoas de todas as idades, mas é mais comum em indivíduos mais velhos.

O glaucoma é causado principalmente pelo aumento da pressão intraocular, que danifica as fibras nervosas do nervo óptico. Isso pode levar a uma perda gradual da visão periférica, que pode progredir para uma perda total da visão se não for tratada a tempo.

Sintomas do glaucoma

Os sintomas do glaucoma podem variar de acordo com o tipo da doença, mas os mais comuns incluem visão turva, dores de cabeça, náuseas, halos ao redor das luzes e perda gradual da visão periférica. É importante estar atento a esses sintomas e procurar ajuda médica imediatamente se você suspeitar que possa ter glaucoma.

Tipos de glaucoma

Há vários tipos de glaucoma, sendo os mais comuns o glaucoma de ângulo aberto e o glaucoma de ângulo fechado. O glaucoma de ângulo aberto é o tipo mais comum e geralmente não apresenta sintomas até que a doença esteja em estágio avançado. Já o glaucoma de ângulo fechado é mais raro, mas pode causar sintomas súbitos e graves, como dor intensa nos olhos e visão embaçada.

Diagnóstico do glaucoma

O diagnóstico do glaucoma geralmente envolve um exame de rotina com um oftalmologista, que pode medir a pressão intraocular, examinar o nervo óptico e realizar testes de campo visual para verificar se há perda de visão periférica. Quanto mais cedo o glaucoma for diagnosticado, melhores serão as chances de preservar a visão.

Tratamento do glaucoma

O tratamento do glaucoma geralmente envolve o uso de colírios para reduzir a pressão intraocular e prevenir danos adicionais ao nervo óptico. Em casos mais graves, pode ser necessário recorrer a cirurgias a laser ou convencionais para controlar a pressão ocular e preservar a visão. É importante seguir o tratamento recomendado pelo oftalmologista para evitar complicações.

Prevenção do glaucoma

Embora o glaucoma não possa ser completamente evitado, há algumas medidas que podem ajudar a reduzir o risco de desenvolver a doença. Manter uma alimentação saudável, praticar exercícios regularmente, evitar o tabagismo e fazer exames oftalmológicos de rotina são algumas das formas de prevenção do glaucoma.

Conclusão